News Notícia

Chuva de Pedras Preciosas? É Possível Sim!

25 de outubro de 2019

Esse título pode ser meio estranho mas é verdade! O único detalhe é que a chuva a que ele se refere não acontece exatamente aqui, mas em um lugar muito distante de nós: em um outro planeta. Nós já falamos de algo parecido, você lembra? Era sobre um imenso asteroide feito de níquel, prata e ouro, dá uma olhada nesse link se quiser rever! Dessa vez, a história é um pouco diferente. 

HAT-P-7b, esse é o nome do exoplaneta em questão. Esse “exo” na frente da palavra indica um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol, e por isso, faz parte de um sistema planetário diferente do nosso. Pois bem, o HAT-P-7b é imenso, 40% maior do que Júpiter e, como já dito anteriormente, está longe daqui, a 1.040 anos luz de distância da Terra. Foi a partir de imagens feitas pelo telescópio Kepler que cientistas da Universidade de Warwick estudaram a luz refletida pela atmosfera do planeta. Eles concluíram que trata-se de um planeta gasoso com sistema climático caracterizado por: ventos cujas velocidades se alteram com frequência e de forma brusca, dois lados distintos divididos em noturno e diurno que não se alteram (isso porque, devido à gravidade, ele está sempre encarando a estrela-mãe em torno da qual orbita, como a nossa Lua em relação à Terra).

Impressão artística do exoplaneta HAT-P-7b. Crédito: mark Garlick/Universidade de Warwick

O fato do HAT-P-7b ter esses ventos e ser dividido dessa forma é o que leva ao tema do nosso post: no lado diurno a temperatura é de 2.587ºC e no noturno de 1.300ºC. As nuvens que são levadas pelos ventos passam de uma temperatura para outra muito rápido e isso seria normal em qualquer outro planeta gasoso, pois normalmente suas nuvens tem partículas de metais vaporizados, rochas, chumbo e outros, entretanto, as nuvens de HAT-P-7b são especiais: nelas é possível encontrar corídon, que nessas circunstâncias, se condensa em pequenas gotículas. Esse mineral feito a base de óxido de alumínio, é naturalmente transparente mas dependendo das impurezas que se misturam à sua matriz ele pode mudar de cor. Em HAT-P-7b ele é encontrado em coloração vermelha e azul e isso caracteriza duas pedras conhecidas nossas: o Rubi e a Safira. Então sim, nesse planeta chovem Rubis e Safiras!

Ok, pode não ser uma chuva significativa, até porque as nuvens de corídon se formam e logo somem, mas ainda assim, é chuva! Infelizmente esse é um planeta inabitável, mas a vantagem do nosso querido planeta Terra é ter essas lindas pedras em formatos muito mais variados e atraentes do que gotículas, quer ver? Na imagem acima temos um dos nossos mais deslumbrantes modelos de brincos. Ele foi confeccionado em ouro branco 18k e cravejado de Safiras e Diamantes. E na próxima imagem um lindo anel feito em ouro amarelo 18 k adornado com Rubis e Diamantes.

Se você quiser conferir outras opções de joias igualmente maravilhosas como essas é só ir ao nosso site. Lá você vai encontrar diversas peças feitas com várias pedras diferentes, entre elas Esmeraldas, Opalas, Pérolas, Topázios e muitas outras. Além disso, temos variedades de ouro 18k também: amarelo, branco e rosé, é só acessar e encontrar a que mais combina com você. Agora, para ficar sempre por dentro das nossas novidades e dicas, siga nosso perfil no instagram e no facebook!

You Might Also Like

Sem comentários

Deixe uma resposta