Celebridades News Notícia

Segunda das Preciosidades: A Safira

14 de outubro de 2019

Segunda-feira é dia de falar das características de uma pedra que esteja super presente nas nossas joias. Já falamos de Esmeraldas, Rubis e Diamantes, veja os links para relembrar, então, para fechar o quarteto das mais famosas de todas, falta a escolhida de hoje, uma pedra com um “quê” oriental cuja coloração mais famosa é o azul do oceano profundo: a Safira! Abaixo você vê uma peça incrível aqui do Joias VIP, um par de brincos com safiras e diamantes cravejados em ouro branco 18 quilates.

A safira está em segundo lugar na escala de dureza, junto com o rubi e abaixo do diamante. Ela é encontrada principalmente no Sri Lanka mas também na Tailândia, Vietnã, Índia, Quênia e outros países, sendo que suas maiores pedras são provenientes da Austrália e o maior centro de lapidação é na Índia. Sua versão mais valiosa é a de cor azul-escura, porém existem gemas de coloração púrpura, dourada, rósea e até incolor. Além disso, se aplicado um tratamento térmico na gema, ela pode mudar para cores mais escuras ou mais claras. Uma joia que exemplifica bem essa questão é esse anel com uma safira rosa central, acompanhado de diamantes e zircônias.

Antigamente acreditava-se que as safiras protegiam contra a inveja, o mal, que estavam associadas ao paraíso, que impediam pensamentos ruins de visitarem a mente e que mantinham a alma pura, por isso, a pedra era encontrada em vestes religiosas e principalmente em coleções de joias da realeza. Isso porque elas supostamente deveriam estar próximas de pessoas influentes da sociedade, tais como clérigos e reis. Séculos depois, passada a parte mais forte do misticismo, a relação com a nobreza se manteve, tanto que hoje algumas safiras famosas podem ser vistas nas joias da coroa britânica. Inclusive, a mesma coroa que ostenta um dos maiores diamantes do mundo também tem uma das maiores safiras, é a Coroa Imperial do Estado.

Créditos: Mirror

Atualmente a pedra também é relacionada ao intelecto, à criatividade, à sabedoria e ao amor eterno. Essas associações fazem a gema ser empregada em joias de profissões como Filosofia, Publicidade, Engenharia, Música, Design… Mas também em joias destinadas aos casais, principalmente os anéis de noivado. Você com certeza já ouviu falar do anel de noivado da Lady Di, feito com uma grande safira central cercada por diamantes. É o mesmo anel que o filho dela, Príncipe William, usou para pedir a atual esposa, Kate Middleton, em casamento. Agora, dentre as curiosidades que envolvem safiras ao redor do mundo há o registro das duas maiores pedras lapidadas, a primeira é a “Estrela da Índia” que tem impressionantes 112,67 g e em segundo lugar, a Safira Logan, que pesa 84,6 g (tem mais ou menos o tamanho de um ovo). Ambas estão expostas no Museu de História Natural.

Créditos: American Museum Of Natural History

Na próxima semana teremos mais curiosidades sobre uma outra pedra e também referências de lindas joias decoradas com elas. Fique atento às nossa notícias, que saem aqui, no instagram e no facebook, e deixe seu comentário sobre qual pedra você gostaria de saber um pouco mais!

You Might Also Like

Sem comentários

Deixe uma resposta